01.11.2019 | 14h00


TROPA NA RUA

Comandante: Papel da PM é proteger o cidadão e correr atrás de vagabundo; veja vídeo

Retirar policiais de trabalhos de gabinete faz parte das ações atuais para fortalecer o policiamento nas ruas.


DA REDAÇÃO

Com foco no fortalecimento das ações ostensivas nas ruas, o comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Jonildo Assis fala no Conexão Poder sobre a retirada de militares que atuavam em ações administrativas “de gabinete” e passaram a trabalhar nas ruas.

“O nosso papel é proteger o cidadão; é trabalhar na rua; é correr mesmo atrás de vagabundo; é sentar na viatura, fazer policiamento e abordar gente na rua”, asseverou.

Ainda há cerca de 120 militares destinados a atender autoridades no Estado.

Com o efetivo de aproximadamente 7,500 militares, em Mato Grosso , o comandante detalha que a área da Baixada Cuiabana conta com cerca de 2,300 policiais em policiamento nas ruas.

“Às vezes você vai ver no fim de semana, que você passa em duas barreiras na Baixada Cuiabana e isso acontece no Estado todo porque  a ordem é essa, e isso foi bom, a gente conseguiu ajudar a controlar esse índice criminal”, comentou.

A maior incidência de crimes no Estado, segundo o coronel está entre os meses de agosto e outubro, por isso nesse período ocorreu a Operação Tempus, com ações ostensivas de patrulhamento. Agora a PM inicia as ações voltadas ao final de ano.

Veja o vídeo:











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Alexandre  01.11.19 14h50
Duro é ver uma entrevista desse porte com esquerdista e querendo acabar com a imagem da Polícia, tem que pegar uma aula André...... tá difícil ver até o fim rs

Responder

0
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO