15.03.2020 | 14h07


CONEXÃO PODER / REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Botelho diz que pressão de servidores não intimida deputados; 'Não adianta invadir Assembleia, não vamos ceder'

Presidente da Assembleia comenta os embates previstos para a votação da Reforma da Previdência dos servidores estaduais.


DA REDAÇÃO

deputado Eduardo Botelho (DEM), presidente da Assembleia Legislativa, comenta em entrevista ao Conexão Poder, sobre as previsões de embates na Casa por ser este ano duplamente eleitoral em que está em pauta o projeto da Reforma da Previdência. Nos próximos dias os deputados começam a discutir a medida que aumenta a idade para os servidores estaduais poderem se aposentarem.

Contudo, o presidente da Casa pontua o conhecimento geral de servidores estaduais e dos deputados, principalmente, sobre a necessidade de aprovar o projeto e avisa que não vai ceder a pressões.

“Vai ter sim polêmica e discussão, isso é inegável (...) A Assembleia funciona com discussões, mas não adianta ir lá e invadir a Assembleia. Isso não vai resolver. Nós não vamos ceder a esse ponto”, afirma.

Questionado se descarta a possibilidade de acampamento de servidores na Assembleia, ele enfatiza: “Não vai resolver. Se for acampar lá eu faço sessão em outro lugar”.

O deputado defende as discussões do tema e argumenta que o projeto pode ter alguma alteração, mas não mudança da essência e diz que vai buscar um “meio termo que seja o melhor para todos”.

Veja o vídeo:

 











(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Leitor de notícias  26.03.20 10h21
Porque não acabam com os privilégios dos deputados, querem que os servidores paguem o luxo deles, abuso, servidores unidos somos mais fortes, uma camarada desse não pode ganhar eleição nem para presidente de bairro.

Responder

0
0
Paulo  22.03.20 18h18
Já há conversas avançadas entre os servidores da Saúde e os praças da Polícia Militar para pararem agora. Já que não passam de parasitas que tal os deputados tratarem os doentes e patrulharem as ruas?

Responder

4
0
Davi  22.03.20 18h15
O que intimida é a ameaça dos financiadores de campanha do agro e das grandes empresas de retirar os financiamentos lícitos e os ilícitos das campanhas. Certo?

Responder

2
0
alexandre  16.03.20 21h59
Não vai se eleger, 100 mil votos contras, pra quê , legislativo se MM manda nos deputados ?

Responder

6
0

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO