25.05.2011 | 14h13


CIDADES

União e Estado reforçam "Desmatamento Zero" na região norte

DA REDAÇÃO  13h00

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, juntamente com o presidente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Curt Trennepohl, o governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, os secretários de Estado do Meio Ambiente, Alexander Maia, e Segurança Pública, Diógenes Curado Filho, participam de sobrevoos na região se Sinop nesta quarta-feira (25).

Antes, se reuniram na Sala de Situação montada na sede do Ibama e onde foram articuladas as ações a serem desencadeadas pela Força Tarefa formadas por agentes da Sema, Ibama, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Exército Brasileiro. De forma conjunta, o Governo do Estado e o Governo Federal invidam esforços para coibir o desmatamento ilegal, "se necessário com embargo de propriedades e apreensão de maquinários", conforme assinalou o secretário Alexander Maia.

O governador Silval Barbosa lembrou que, desde que assumiu a gestão do Meio Ambiente no Estado, o Governo de Mato Grosso tem compromisso com o desmatamento ilegal zero, com a produção sustentável, tanto que elaborou o Zoneamento Socioeconômico e Ecológico (ZSEE) para orientar ainda mais os produtores. "O ZSEE restringe até mais que o Código Florestal aprovado nessa terça-feira (24.05) no Congresso Federal", comentou Silval ao explicar que o Governo não tolera descumprimento das leis. Mas, disse ainda que não irá comenter injustiça com quem trabalha e produz dentro da lei.

O secretário Maia argumentou que o Estado não irá responsabilizar a todos produtores mato-grossenses pelo ato criminoso de uns dez ou vinte que não respeitam a lei, por isso a Sema juntamente com o Ibama, por meio desta ação integrada fiscaliza severamente esses pontos. Inclusive, a ministra Izabelle lembrou que a Força Tarefa - com mais de 520 agentes - irão monitorar principalmente os polígonos do desmatamento indicados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

"Sabemos do compromisso do Governo de Mato Grosso com o desmatamento ilegal zero, que reduziram 62% do desmatamento, e reconmhecemos que tem mais gente séria que ilegal", ressaltou a ministra do Meio Ambiente ao ressaltar que a partir agora irão trabalhar todos juntos em campo e que a interlocução Governo do Estado/Governo Federal será muito mais permanente.

Antes dos sobrevoos, se reuniram na Sala de Situação - instalada para funcionar como uma base para as operações ambientais na Regiões Norte de Mato Grosso e Nortão e Sul do Pará - onde por meio de mapas deixaram os ministros à par da situação do desmatamento na região e apresentaram as estratégias já montadas para a atuação da Força Tarefa em campo.



  










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO