alexametrics
09.08.2011 | 15h39


CIDADES

Sob pressão, servidores da Sema suspendem greve

INARA FONSECA  14h15
DA REDAÇÃO

Após assembleia na manhã desta terça-feira (09), os servidores da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) decidiram suspender a greve, mesmo não tendo suas reivindicações atendidas. De acordo com a porta voz do movimento, Murilo Covezzi, os servidores retomam as atividades desmotivados e desinteressados.

"Estamos voltando ao trabalho sob pressão, porque o Governo afirmou que não negocia com grevista. Continuaremos com as negociações, mas salientamos que a volta é um pedido do Governo", desabafou Murilo Covezzi.

Durante a paralisação, os servidores grevistas sofreram ameça de exoneração, tiveram o movimento considerado ilegal pela Justiça e desde o dia quatro de agosto têm tido corte de ponto na folha de pagamento.

A greve na Sema foi deflagrada no dia 21 de junho, desde então 22 reuniões foram realizadas com o secretário de Administração do Estado, Cezar Zílio, na tentativa de negociar a situação. A categoria reivindicava a reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários, além de reajuste salarial.

O impasse se estendeu porque a contra proposta do executivo não agradava a categoria. Além de oferecer 69% em três anos para os servidores (23% este ano, 20% em 2012 e 16% em 2013), o governo pretende converter a Verba Indenizatória- IV para salário.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime