27.07.2011 | 11h35


CIDADES

Sintep denuncia “apadrinhamento” em creche pública de VG

INARA FONSECA    8h00
DA REDAÇÃO

A presidente da subsede do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), Maria Aparecida Cortez, denunciou ao RepórterMT um esquema de apadrinhamento que vem ocorrendo na contratação de funcionários da educação em Várzea Grande.

No final deste mês, duas funcionárias da Creche Nossa Senhora da Guia, no Jardim Marajoara, em Várzea Grande, teriam sido demitidas e substituídas por pessoas ligadas à membros do alto escalão da Secretaria de Educação da cidade.

De acordo com Cida Cortez, as técnicas de desenvolvimento infantil foram desvinculadas da Creche Nossa Senhora da Guia sem nenhuma explicação. "O contrato delas venceria apenas no dia 23 de dezembro. Entretanto, elas foram demitidas antes sem nenhum aviso prévio, comprometendo a vida das funcionárias", explicou a presidente do Sintep de Várzea Grande.

Cida ainda alertou para o fato de que esta não é primeira ocorrência de "apadrinhamento" dentro de creches e escolas públicas de Várzea Grande. Anteriormente, professoras de creches também estavam sendo substituídas sem motivo claro. "Antes eram as professoras, agora são as ajudantes", critica a sindicalista.

Desde o início do ano, a situação da educação em Várzea Grande tem beirado ao caos. A precariedade no atendimento das escolas e creches públicas pode ser evidenciada nas instalações das instituições. Em alguns casos, falta água e não há ventilação para os estudantes. Além disso, as creches destinadas às crianças até cinco anos sofrem com superlotação.

Em maio, diante do descaso da prefeitura, os trabalhadores da Educação de VG paralisaram as atividades durante 33 dias. Neste mês (15), novo indicativo de greve foi acionado pela categoria e o mês de agosto pode começar com greve no sistema.

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

julia  13.03.12 20h03
tira essa diretora ela é esnome, humilha com mães de alunas e não chama atenção de ADI qdo esta comete erros

Responder

0
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO