29.04.2011 | 11h24


CIDADES

Secretário enfrenta médicos e abre mais um edital para OS em MT

MAYARA MICHELS 18h22
DA REDAÇÃO

O Secretário de Estado de Saúde, Pedro Henry, enfrentou a classe médica que luta contra as Organizações Sociais e assinou o chamamento público para a contratação de mais uma OS para administrar o Hospital Regional de Rondonópolis, Irmã Elza Giovanella. "Qualquer organização social habilitado tem o direito de participar. Esse é o nosso segundo passo, e nos próximos meses mais três hospitais do estado serão administrados pelas OS", afirmou Henry.

No chamamento público assinado pelo secretário, as Organizações que irão concorrer, terão que visar solucionar as instituições sem fins lucrativos, ter interesse no gerenciamento operacional, executar as obras do serviço de saúde, entre outras regras que tem que ser cumpridas.

As propostas deverão ser entregues no dia 19 de maio, na sede da Secretaria de Saúde, em horário comercial. As aberturas dos envelopes ocorreram no dia 20 de maio, às 8h30.

Segundo o presidente do Instituto Pernambucano de Assistência à Saúde (IPAS), Edmilson Paranhos de Magalhães Filho, a IPAS não tem interesse de administrar o hospital de Rondonópolis. "Temos 90 dias para colocar tudo em ordem e iniciar os trabalhos no Hospital de Várzea Grande. Neste momento não nos interessa pegar mais um hospital no estado", afirmou o presidente.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO