02.02.2011 | 16h57


Secretário de Cidades "garante" 44 mil casas em MT até 2014

MAYARA MICHELS      11h00
DA REDAÇÃO

O Secretario de Cidades Ernandy Maurício Baracat de Arruda, o Nico Baracat, garantiu hoje (02) durante entrevista à Rádio Cidade FM, que todos os 141 município de Mato Grosso terão unidades habitacionais com saneamento básico durante a sua gestão de quatro anos.

Até 2014 o programa de habitação de Mato Grosso vai construir 44 mil moradias num investimento total de R$ 720 millhões, parceria entre os governos federal e estadual. "Garanto que todas as cidades terão pelo menos um conjunto residencial. Estamos estudando e analisando projetos porque queremos o quando antes resolver os problemas das pessoas que estão em área de risco de todos os municípios", disse Nico Baracat.

Esse trabalho também envolve desapropriações, pois o objetivo é tirar a família de uma área de risco e levá-la para uma região próxima. Com isso, as áreas de risco terão que ser transformadas em espaços públicos como praças e parques, evitando a reincidência do problema.

Os conjuntos habitacionais estão sendo construídos com rede coletora de águas pluviais e de esgoto, pavimentação asfáltica e algumas terão estação de tratamento de esgoto (ETE).

Cuiabá

Serão entregues no mês de fevereiro 70 residências aos moradores do bairro Praeirinho, em Cuiabá. As casas foram construídas pelo Programa de Subsídio Habitacional de Interesse Social (PSH).

Várzea Grande

O residencial Celestino Henrique Pereira, no bairro Jardim dos Estados, em Várzea Grande, foi dividido em duas etapas: a primeira com 499 residências e a segunda com 86. A entrega da etapa I do residencial será anunciada ainda este mês.

As casas possuem 39m² cada e são divididas em sala, dois quartos, cozinha, e banheiro. Os empreendimentos são do programa "Minha Casa, Minha Vida".

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO