21.04.2011 | 16h41


CIDADES

Saiba quais órgãos abrem ou fecham neste feriado

DA REDAÇÃO 10h32

Os órgãos públicos estaduais terão suas atividades suspensas a partir de amanhã (21), devido a comemoração do Dia de Tiradentes e Feriado da Semana Santa e retomam o funcionamento normal apenas na segunda-feira (25). Somente a parte administrativa do Governo do Estado deixa de funcionar durante o feriado.

Veja o que abre e fecha neste feriado:

Ganha tempo: Localizado na Praça Ipiranga, deixa de funcionar na quinta (21) e sexta-feira (22), e volta a funcionar normalmente no sábado (23).

Saúde - Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT) todos os serviços de atendimento prestados à população pelo órgão irão funcionar normalmente, exceto os serviços administrativos. O Serviço Móvel de Atendimento a Urgência (Samu) realiza atendimento 24 horas, por meio do telefone 192.

A Farmácia Popular estará atendendo a população até quarta-feira (20). E volta a funcionar somente na segunda-feira (25).

O MT-Hemocentro funcionará normalmente até quarta-feira (20) às 18h, voltando a atender no sábado (23) na sua sede, localizada na Rua 13 de Junho, nº 1.055, Centro, até às 11h30. Ainda no sábado, o ônibus fará plantão na Igreja Adventista do Bairro Tijucal das 8h30 às 12h e na Igreja Adventista do Bairro Residencial Coxipó das 13h30 às 17h.

Segurança - A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) informa que todas as delegacias e unidades do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) irão funcionar normalmente. O horário de atendimento das quatro unidades do Cisc (Coxipó, Verdão, Planalto e Parque do Lago), do Ciosp e das delegacias, tanto da Capital como do interior de Mato Grosso não sofrerão nenhuma alteração.

Os batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros também estarão atendendo a população normalmente.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO