24.05.2011 | 00h34


CIDADES

Resgate tem dificuldade para encontrar jovem que caiu de penhasco

MAYARA MICHELS     09h29
DA REDAÇÃO


Na manhã desta segunda-feira às 7h, equipes de resgate retomaram as buscas pelo corpo do jovem Suelme Vitor Evangelista de Moraes, de 26 anos, que escorregou e caiu ontem (22), no penhasco do mirante, em Chapada dos Guimarães. Segundo o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), não há possibilidade do helicóptero se aproximar do local, já que o jovem caiu próximo ao paredão e a mata além de fechada é alta. Uma equipe do Corpo de Bombeiro desceu de rapel para realizar as buscas.

Segundo a Polícia Militar, o jovem escorregou de uma altura de 150 metros, por volta das 16h30 quando brincava com os amigos em um local conhecido como "trampolim". Buscas foram feitas ontem e retomadas na manhã de hoje.

A expectativa da equipe de resgate é que o corpo seja encontrado ainda pela manhã. Cerca de 20 pessoas auxiliam nas buscas. Policiais civis e militares, corpo de bombeiros e uma equipe do Ciopaer. O delegado regional da Polícia Civil, João Bosco, também está no local acompanhando as buscas.

A família de Suelme assim que souberam da tragédia foram para o local acompanhar o resgate. O jovem reside no bairro Cidade Alta, em Cuiabá.

O mirante

O mirante de Chapada dos Guimarães é tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Cultural do Estado de Mato Grosso. O local fica há 8 km do centro da cidade, na rodovia MT-251. É um dos pontos turísticos mais visitados pelos frequentadores do parque. A visitação é gratuita.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO