18.05.2011 | 12h09


CIDADES

Prontos Socorros de Cuiabá e VG passam a ser geridos por OSS

DA EDITORIA  17h57


A partir desta quarta-feira (18), a Secretaria de Saúde do Estado juntamente com as Secretarias de Saúde de Cuiabá e Várzea Grande, irão começar os detalhamentos de transição da administração do Prontos Socorros Municipais para uma Organização Social de Saúde (OSS). Neste processo será feito todo levantamento dos vínculos empregatícios e da estrutura financeira e física da unidade, para que no prazo de 60 a 90 dias comece a nova administração. A decisão foi concretizada entre o governador Silval Barbosa (PMDB), os prefeitos das duas cidades, Chico Galindo(PTB) e Murilo Domingos (PR),secretários de saúde dos dois municípios e com a presença do secretário de Estado de Saúde, Pedro Henry(PP).

Galindo falou ao RepórterMT que a OSS vão gerir o PS, mas terão o apoio do Município e do Estado. Ele destacou que agora todos vão ser responsáveis pela saúde de Cuiabá. "Há mais de 20 anos que Cuiabá administra sozinho o PS e  atende ao estado inteiro. Agora vamos ter uma gestão diferente, vamos trazer um modelo para dar certo ", disse.

O prefeito aproveitou para falar que não ocorrerá demissões dos servidores e que todos continuarão a receber pela prefeitura. E destacou que os prestadores de serviços serão avaliados no detalhamento para ver se todos serão inseridos com a nova administração. "O detalhamento vai avaliar todos os funcionários, não vamos injustiçar ninguém", comentou.

Essa semana deverá ser publicado o edital de chamamento  para contratar as organizações sociais que irão gerir os dois hospitais.

Outro fato comentado em reunião é o encontro entre o Governador Silval Barbosa e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Na ocasião o governador deverá pedir que seja adiantado o processo de instalação das Unidades de Pronto Atendimento em Cuiabá. Neste caso duas, que seriam estrategicamente montadas na cidade.

MUTIRÃO DA SAÚDE

Até que seja contratada a empresa que irá administrar os Prontos-Socorros, o governador Silval Barbosa garantiu que será feito um mutirão na saúde para desafogar o Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.


"Henry vai com a sua equipe técnica identificar quais são os principais problemas. No caso de cirurgia, vamos oferecer um incentivo para os proprietários de hospitais particulares para que atendam os pacientes em todo o estado. Iremos fazer um mutirão durante esses dois meses de licitação para resolver o problema de imediato", afirmou o governador.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO