14.03.2011 | 11h23


CIDADES

Projeto tenta evitar reincidência de agressão contra mulheres

DA REDAÇÃO   13h30

Após ter sido citada, em nível nacional, como a cidade que possui maior aplicabilidade da Lei Maria da Penha, Cuiabá quer agora ser reconhecida como a cidade que possui o menor índice de violência doméstica. Para isso, promotores de Justiça, juízes e representantes dos poderes Executivo e Legislativo apostam na prevenção.

Nesta sexta-feira (11.03), por exemplo, foi lançado o projeto 'Lá em Casa quem Manda é o Respeito”, destinado aos cidadãos acusados de praticar violência doméstica e familiar contra a mulher.

O projeto, desenvolvido pelo Ministério Público e o Governo do Estado, com apoio da Assembleia Legislativa e Fundação Escola Superior do MP, será executado por meio da palestras educativas e elucidativas sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher em penitenciárias, cadeias, empresas e demais locais com grande concentração de pessoas do sexo masculino.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO