30.05.2011 | 21h24


CIDADES

Professores entram em greve por tempo indeterminado em MT

FERNANDA LEITE
DA REDAÇÃO

Por unanimidade, o Conselho do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), aprovou, na tarde desta segunda-feira (30), uma greve geral na Educação Estadual. A categoria considerou que a proposta da Secretaria de Estado de Educação(Seduc-MT) não contempla a reivindicação da classe. A greve está marcada para o dia 06 de junho.

De acordo com a presidente da subsede do Sintep Cuiabá, Helena Maria Bortolo, cerca de 90 representantes de municípios de Mato Grosso participaram da reunião na escola Presidente Médici. "O Sintep irá divulgar para a sociedade qual o motivo da greve. Queremos o piso nacional, é uma injustiça o aumento de 10% que o governo aprovou na semana passada, queremos 60% que é o justo segundo o piso nacional", criticou a sindicalista se referindo à Lei Complementar (LC) 388/2010, que fixa percentual no Art. 5°

A classe exige um piso nacional de R$ 1.312,00. A Secretaria de Educação já havia oferecido uma proposta de  10% de reajuste, mais 3% em dezembro, e o Piso Salarial em abril de 2012.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO