04.08.2011 | 16h09


CIDADES

Principais intervenções para desbloqueio começam na Capital

DA REDAÇÃO  15h00

Três obras estratégicas para areestruturação do tráfego na região metropolitana começaram em Cuiabá. Asordens de serviço foram assinadas na manhã desta quinta-feira (04.08) pelogovernador do Estado, Silval Barbosa e pelo presidente da Agecopa, Eder Moraes. O início dos trabalhos nas avenidas Jurumirim eVereador Juliano Costa Marques garantirá fluidez no trânsito durante posteriores intervenções na avenida do CPA.

"A população começará a sentirque o projeto Copa do Mundo está sendo executado com todo o rigor em Cuiabá.Essas obras lançadas agora são resultado de todo um trabalho técnico executado pelosprofissionais da Agecopa", disse Eder Moraes. As obras de desbloqueio, queincluem a construção de uma ponte sobre o córrego Gumitá, integram um pacote de17 intervenções e servirão como rotas alternativas em pontos com grande fluxode veículos.

Eder Moraes frisa que mesmo apóso Mundial, as construções serão trechos importantes para a redistribuição do tráfegona Capital, que hoje tem uma frota de quase 300 mil veículos e sofre comcongestionamentos em horários de pico. O governador Silval Barbosa pontuou que asordens de serviço assinadas hoje fazem parte do comprometimento do Governo paraa organização da Copa.

O morador do bairro Bela Vista eproprietário comercial, John Ferreira Sena, 23, enxerga na duplicação daavenida Vereador Juliano Costa Marques uma oportunidade de valorização dosimóveis da região e também uma intervenção necessária para a segurança dos pedestres."O fluxo de veículos vai melhorar muito por aqui, e a sinalização vai fazer comque as pessoas possam andar sem o risco de serem atropeladas", disse.

OBRAS - A empresa Engemat Incorporações e Construções Ltda seráresponsável pela execução das obras de complementação da pavimentação da Av.Jurumirim (trecho da entrada Rua Ipiranga a entrada Av. Dr. Ulisses Guimarães)e das ruas B, C, D, Minas Gerais (trecho da entrada na avenida Jurumirim àentrada da avenida dos Trabalhadores).

O projeto inclui também apavimentação da rua Tancredo Neves, entre as avenidas Jurumirim e DoutorUlisses Guimarães. Orçada em R$ 1,3 milhão, a construção totaliza 1.139,78metros de extensão e deve ser concluída em 240 dias.

Na Jurumirim será construídatambém uma ponte sobre o córrego Gumitá, estimada em R$ 1,2 milhão. Sobresponsabilidade da Atrativa Engenharia Ltda, a obra terá 30 metros de extensãoe 12,80 metros de largura. O prazo de conclusão é de 180 dias.

A duplicação da avenida Juliano Costa Marques,nos trechos compreendidos entre asavenidas do CPA e a dos Trabalhadores, terá 3.120 metros de extensão. Osserviços serão executados pela Engeglobal Construções Ltda, no valor de R$ 2,4milhões. A duplicação deve ser concluída no prazo de 240 dias.

Mais três obras de desbloqueioserão lançadas nos próximos dias, as duplicações das avenidas Senegal e Barãode Melgaço, e a implantação de sistema viário na Rua das Mangueiras.

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO