29.01.2011 | 12h29


CIDADES

Prazo para posse de professor aprovado em concurso termina dia 1º de fevereiro

DA REDAÇÃO   10h45

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) convoca os candidatos aprovados e nomeados para tomarem posse até o dia 1º de fevereiro. São cerca de 800 aprovados que ainda não se apresentaram para poderem assumir.

Além da Seduc, as Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) estão também no aguardo dos aprovados e nomeados.

No dia 31 de janeiro termina o prazo para que os candidatos liguem no 0800-647-3633 e façam o agendamento para a Perícia Médica. Após a passagem pela perícia, virá à apresentação na Coordenadoria de Provimento da Secretaria de Estado de Administração (SAD). O agendamento para a posse tem que ser feito pelos telefones (65) 3613-3657, 3613-3765, 3613-3682, 3613-3799. O atendimento ocorre em período integral.

SECITEC - A Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Secitec) de Mato Grosso prorrogou o período de inscrições para dia 2 de fevereiro, para o processo seletivo de contratação de 143 professores em regime temporário nas vagas de professor da Educação Profissional e Tecnológica.. As inscrições podem ser feitas no site www.secitec.mt.gov.br.

As disciplinas com vagas são: Zootecnia, Enfermagem, Medicina Veterinária, Ciência Contábeis, Engenharia Florestal, Engenharia Civil com especialização em Segurança do Trabalho, Administração, Agronomia, Tecnólogo em Alimentos, Arquitetura, Ciências Biológicas, Ciência da Computação, Sistema de Informação, Língua Inglesa, Nutrição, Administração, Odontologia, Matemática, Engenharia de Produção Industrial, Letras, Optometria, Turismo, Economia, Mecanização Agrícola, História, Engenharias: Química, Sanitária e de Pesca.

O salário varia entre R$ 1.131,78 a R$ 4.074,47, dependendo da carga horária e do nível de escolaridade.

(Com Assessoria)

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO