30.05.2020 | 16h34


CIDADES / FLAGRANTE

Polícia descobre ‘fabrica’ de drogas e prende cinco na Capital

Entre os traficantes, os investigadores apreenderam um adolescente de 15 anos, responsável por embalar o entorpecente. Flagrante foi feito no bairro na Cohab José Pinto.



Cinco pessoas foram presas em flagrante nesta sexta-feira (29.05) pela Polícia Civil, suspeitas pelo comércio de entorpecentes no bairro José Pinto, em Cuiabá. Entre os detidos está um adolescente de 15 anos.

A equipe da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes foi checar uma denúncia sobre tráfico de drogas na Rua Barra do Garças, na Cohab José Pinto. Após monitoramento do endereço, os policiais civis observaram que uma mulher, de 27 anos, buscava entorpecente pela grade da residência, entregava para uma segunda pessoa, que depois repassava a usuários. 

Com um dos suspeitos que foi abordado, os policiais encontraram quatro porções de pasta base e de maconha. Com autorização Da proprietária da casa, a equipe da DRE entrou no local, onde estavam mais duas pessoas, uma delas o adolescente de 15 anos. 

Nas buscas, os policiais localizaram um pedaço médio de maconha, outras porções menores da mesma substância, dinheiro, balança de precisão, entre outros objetos. 

Ao questionar um dos suspeitos sobre a propriedade do entorpecente, ele informou que a boca de fumo era da dona da casa e que o adolescente fazia a embalagem das drogas e a outra suspeita realizava as entregas. 

Todos foram conduzidos para a DRE e os adultos, sendo duas mulheres, ambas de 27 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de associação para tráfico de drogas, tráfico de drogas, com aumento de pena por envolver um menor de idade nos crimes. Os quatro foram encaminhados às respectivas unidades prisionais. 

O adolescente foi autuado por ato infracional pelos mesmos crimes e foi encaminhado para a Delegacia Especializada do Adolescente.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO