25.03.2011 | 23h38


CIDADES

PJC implanta programa de combate às drogas em Lacerda

DA ASSESSORIA

O programa 'De Cara Limpa Contra as Drogas' foi apresentado no município de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste de Cuiabá), durante reunião setorial da Diretoria Geral da Polícia Judiciária Civil, com policiais e a comunidade local. As diretrizes de implantação do projeto de prevenção ao uso de drogas foram expostas à comunidade que devido a fronteira, enfrenta no seu cotidiano as consequências do tráfico de drogas intenso.

No encontro com autoridades locais, presidentes de Conselhos Comunitários e associações de moradores e cidadãos residentes no município, também foi apresentado a Coordenadoria de Polícia Comunitária da PJC, que tem a atribuição de fortalecer as ações comunitárias junto às Bases Comunitária de Segurança e à população dos bairros da Capital e cidades do interior.

Durante a reunião, o delegado geral da PJC deu posse ao coordenador de Polícia Comunitária, delegado José Abdias Dantas, e destacou que a Diretoria está procurando descentralizar a administração indo ao encontro das delegacias regionais, para levar informações, ouvir as demandas e traçar estratégias de melhorias.

A secretária de Assistência Social e primeira-dama do município, Cristiane Mioto assistiu a apresentação do projeto e disse que o município está aberto a parcerias. "A gente está na área de fronteira e sabe das dificuldades com o aparelhamento dos órgãos de segurança pública. O município está aberto à realização de todo ato para proteção do cidadão e dos menores", disse.

O presidente do Conseg de Pontes e Lacerda, José Pereira, entregou ao delegado geral algumas reivindicações básicas da comunidade e disse que as lideranças reconhecem os esforços que as polícias têm feito no município. "Dentro desse ambiente geral a segurança pública tem feito algo sobre-humano na nossa região", defendeu.

A prevenção às drogas é uma das vias encontrada pela Polícia Civil em conjunto com a sociedade para redução da criminalidade. O delegado Walfrido Franklin do Nascimento fez um panorama da situação de violência que se encontrava o município de São José dos Quatro Marcos, quando chegou naquela cidade. "Chegou-se à conclusão que é necessário mudar a postura, no entendimento de que não dava mais para deixar do jeito que estava. O programa consegue reunir um complexo de ações com resultados práticos, que nos impõem uma mudança de comportamento. Mas precisa ser levado com seriedade. Posso afirmar que dá certo, que é viável", disse Walfrido.

 

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO