alexametrics
17.03.2011 | 13h40


CIDADES

Peladão não vai mais aceitar atletas profissionais e nem times do interior

SANDRA CARVALHO                                        07h38
ESPECIAL PARA REPÓRTER MT

A 7ª edição do Campeonato Peladão de Futebol Amador de Cuiabá não vai mais aceitar a inscrição de atletas profissionais e nem de equipes do interior do Estado. O anúncio foi feito pelo secretário municipal de Esporte e Cidadania, Moisés Dias, que também tem a proposta de transformar o Peladão numa figura jurídica.

Criticado por dirigentes por ter perdido a característica de evento amador, o Peladão vai ganhar novo regulamento, nova roupagem, mas vai continuar com as características iniciais do evento, criado pelo ex-prefeito Wilson Santos. Ao longo dos anos, equipes do interior passaram a participar do evento, porém o secretário defende que apenas times da Capital se inscrevam, até porque a Prefeitura é impedida legalmente de investir dinheiro em ações que extrapolem os limites territoriais do município.

Em suas primeiras edições, o regulamento do Peladão proibia a inscrição de atletas profissionais. Porém, esta posição foi revertida e vários times com melhores condições financeiras passaram a contratar jogadores profissionais, deixando as demais equipes em desvantagem. Brigas homéricas entre dirigentes e a coordenação do Peladão ocorreram nesses seis anos por conta disso.

"O Peladão vai voltar a ser um campeonato só de jogadores amadores", declara o secretário de Esportes e Cidadania de Cuiabá, informando que já teve as primeiras reuniões com as Ligas de Futebol Amador da Capital e garantindo que o no perfil do campeonato será construído democraticamente.

Ele afirma que o Peladão veio para incentivar o esporte amador em Cuiabá e que sua concepção foi perfeita. "Precisamos apenas dar uma remodelada no regulamento e passar a tratar o evento com um perfil mais comercial", observa o secretário. O Peladão está em sua 6ª edição e a final está marcada para 10 de abril.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime