alexametrics
19.06.2011 | 22h40


CIDADES

ONG realiza ação contra abuso sexual em Várzea Grande

DA REDAÇÃO  21h30

A partir do mês de Julho, a ONG MT Contra a Pedofilia, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Várzea Grande no comanda da professora e ex deputada estadual,Zilda Pereira Leite de Campos,desenvolverá o projeto "A Escola de Mãos Dadas Contra a Pedofilia", de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes

A ação oferecerá oficinas de capacitação aos profissionais - dos setores de educação, saúde, justiça e assistência social -, que atuam nas redes locais de proteção aos direitos da infância e da juventude de Várzea Grande, como conselhos tutelares.

Após a realização das atividades, a ONG MT contra a pedofilia promete realizar atividades de monitoramento nas instituições envolvidas no projeto, a fim de ajudá-las na aplicação e no aprimoramento das atividades de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes e, também, no acolhimento das vítimas desse tipo de crime.

As ações do projeto estão previstas para terminar em dezembro de 2011 e serão acompanhadas, do início ao fim, pela professora Zilda Pereira Leite de Campos, através do presidente da ONG MT Contra a Pedofilia, João Batista de Oliveira, que estará responsável por fazer um balanço de todos os resultados obtidos a partir da iniciativa. A idéia é utilizar esse material para incentivar outros municípios e Estados brasileiros a replicarem o projeto em seus territórios.

Segundo o novo presidente da ONG MT Contra a Pedofilia, João Batista de Oliveira, no período eleitoral, muitas pessoas levantaram a bandeira contra a pedofilia, mas passado o pleito, os defensores da causa desapareceram. "Agora, a pergunta é, onde estão professores, radialistas, ex-vereadores os atuais e ex-deputados os atual que içaram a bandeira contra a pedofilia e promoveram, em ano eleitoral, esses discursos?", questionou João Batista. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime