02.06.2011 | 09h13


CIDADES

Nevoeiro em São Paulo atrasa 18% dos voos em Mato Grosso

G1/MT  08h15

Cerca de 18% dos voos chegaram atrasados ao Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, nesta quarta-feira (1º). De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), das 49 aeronaves que passaram pela unidade, nove não chegaram no horário programado por conta de problemas climáticos em São Paulo. Além disso, outros dois voos foram cancelados. Em todo o país, dos 2,017 mil voos programados, 583 chegaram com atraso e 212 foram cancelados.

Funcionários das duas companhias aéreas que mais registraram voos atrasados, Tam e Gol, informaram que problemas climáticos em São Paulo motivaram os atrasos no restante do país. A Tam registrou 193 voos domésticos e 20 internacionais atrados em todo o país, e a Gol contabilizou 27 voos domésticos e 1 internacional atrasados. Um atendente que preferiu não se identificar ressaltou que os problemas começaram nos aeroportos Congonhas e Guarulhos, devido ao nevoeiro intenso nas primeiras horas do dia.

Passageiros reclamam

Um grupo de médicos que seguiria para Recife também enfrentou problemas no embarque. O voo marcado para as 6 horas chegou a decolar, mas, após 15 minutos de voo, os passageiros e a tripulação foram informados de que a aeronave estava com problema técnico no sistema de ar condicionado. "O avião retornou para o aeroporto Marechal Rondon e foi remarcado duas vezes. A primeira para o meio dia e a segunda vez as 16 horas", explica oftalmologista Iuri Caetano Rosa. Para eles, o prejuízo foi além do psicológico. "Estamos perdendo o evento", acrescenta o médico Valteci Silva.

A brasileira Suzelaine Degois, que viajaria para a Itália, conta que a falta de informação foi também um problema. Com a filha de 7 meses nos braços, ela explica que não teve apoio da companhia área. "Estou no aeroporto há 10 horas. Cheguei as 6 horas para embarcar as 9 horas, mas o voo foi remarcado duas vezes mas ainda não sei quando irei embarcar".

A empresária Antônia Aparecida Alves e o piloto David Lapaz enfrentaram 6 horas de atraso do voo que seguia para São Paulo. O casal perdeu a viagem, marcada às 19h30, para a Espanha. "A princípio o voo que partia de Mato Grosso estava agendado para as 12h 15, mas foi cancelado. Fomos direcionados para o voo das 14h50 que estava previsto para chegar as 16h30. Levando em conta o tempo de viagem não chegaríamos a tempo para pegar o voo para Madri", diz Antônia. Segundo ela, a alternativa viável foi permanecer em Mato Grosso e agendar a viagem para o próximo dia.

A assessoria de imprensa da Infraero disse que não comentaria os atrasos que seria de responsabilidade das empresas. A Gol informou por meio de nota oficial que a suspensão temporária das operações aéreas em alguns aeroportos do País - principalmente, São Paulo (Congonhas e Guarulhos) e Curitiba ocorreu por condições meteorológicas adversas. Contudo, a empresa destaca que sua operação está rodando normalmente e que os clientes estão recebendo o atendimento necessário, conforme o que prevê a resolução 141 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A Tam não se pronunciou até o fechamento desta matéria.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO