04.06.2011 | 14h46


CIDADES

Mulher sobrevive à queda no Portão do Inferno; marido e bebê morrem

MAYARA MICHELS   09h50
DA REDAÇÃO

A jovem Ariane Nogueira Rabelo, de 23 anos, que estava no caminhão que caiu no Portão do Inferno, no início desta manhã, em Chapada dos Guimaraes, foi encontrada com vida pelo corpo de bombeiros. Segundo a Polícia Militar, a jovem estava inconsciente, mas com sinais vitais. Ela foi encaminhada pelo helicóptero da polícia para o Pronto Socorro de Cuiabá.

Policiais informaram que o estado de saúde da jovem é grave. As suspeitas são de que ela tenha sofrido hemorragia interna e traumatismo craniano.

O motorista Wilson Sousa, de 22 anos, e o filho de quatro meses  morreram na hora. O caminhão carregado de galões de água foi encontrado pendurado a uma altura de 20 metros.

O motorista seguia no sentido Cuiabá-Chapada quando perdeu o controle da direção, bateu na proteção e caiu no penhasco. Policiais civis, militares, corpo de bombeiros e a equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas auxiliaram no resgate.

Segundo o delegado da Polícia, que investiga a causa do acidente, João Bosco, uma perícia está sendo feito no local. "Como ele não fez a curva, passou direto, vamos investigar para saber se houve falha mecânica, se o caminhão perdeu o freio ou se foi falha humana", afirmou.

O Portão do Inferno é um penhasco com cerca de 75 metros de altura, localizado no início do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO