19.08.2019 | 11h33


INTOLERÂNCIA

Mulher acusa vizinho de matar gato que subiu em muro a tiros

O animal foi morto no domingo (18) com um tiro, numa residência localizada no bairro Campos Novo, em Sorriso.



Um homem está sendo acusado de matar a tiros o gato da vizinha no bairro Campos Novo, em Sinop (500 km de Cuiabá). A dona do gato, que preferiu não se identificar, disse ao Só Notícias, que viu o animal ferido, se debatendo antes de morreu. Não houve tempo para encaminhá-lo à clínica veterinária.

“Era de manhã e eu estava na cozinha. O gato estava em cima do muro quando ele atirou. Por sorte não pegou em ninguém. Meu marido disse que a bala é de 38 ou 32. Não sei o que houve, conversávamos normalmente. Não houve nada para ela atirar”, contou.

A mulher disse que mora há 40 dias no bairro já procurou a delegacia de Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência pedindo providências. O acusado deve ser intimado para prestar esclarecimentos.

O artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais, de 1998 prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER