30.06.2011 | 09h16


CIDADES

MT registra mais de 8 mil casos de estupro de vulnerável, diz ONG

MAYARA MICHELS    16h40
DA REDAÇÃO


As estatísticas de abuso sexual contra crianças e adolescentes apresentam dados alarmantes em Mato Grosso. Somente no ano passado, o estado registrou mais de 8 mil casos de estupro de vulnerável.

Segundo a ONG MT Contra a Pedofilia pesquisa feita pela entidade mostra que, a cada 15 segundos, uma criança é abusada no Brasil. Em Mato Grosso, foram registrados em 2010, 8.136 ocorrências. Em 80% dos casos os abusos são cometidos por algum membro da família da vítima.

Os casos mostram, além de abuso sexual, violência psicológica, violência física e exploração sexual. Segundo o presidente da ONG, João Batista de Oliveira, o processo acelerado de desconstrução da família brasileira é um dos principais responsáveis pelo surgimento da dependência de drogas, a prostituição infanto-juvenil e a pedofilia.

Para mobilizar as próprias crianças e adolescentes, além da sociedade e o governo, a ONG realiza a campanha MT de Mãos Dadas Contra a Pedofilia. A ideia é difundir o tema para alertar sobre a importância da denúncia no combate a esses crimes.

Absurdo

Segundo a ONG, existem associações ativistas pró-pedofilia, que acreditam que a pedofilia não é uma doença, mas sim uma orientação sexual e que a sociedade deve reconhecê-la.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO