06.03.2011 | 19h38


CIDADES

MPE e Governo do Estado lançam projeto destinado a agressores

DA REDAÇÃO    18h30

Combater a reincidência dos crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher, por meio de ações destinadas aos acusados de praticar os delitos. Com esse propósito, o projeto 'Lá em Casa quem manda é o respeito' será lançado na próxima semana pelo Ministério Público Estadual (MPE) e o governo do Estado. O lançamento ocorrerá durante o 'Encontro Estadual para Promoção da Igualdade de Gênero e Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher', em Cuiabá.

De acordo com a coordenadora das Promotorias
Especializadas de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Cuiabá, Lindinalva Rodrigues Dalla Costa, o projeto prevê a aproximação do MP com os acusados de violência que estão em centros de ressocialização, presídios e cadeias. "Para muitos homens é tão natural bater na mulher, que não veem em tal ato a prática de um delito passível de punição e tendem a responsabilizar a própria vítima por sua agressividade. A maioria deles pode voltar a agredir a mulher após serem colocados em liberdade, posto que não têm consciência da malignidade de sua conduta", afirmou.

Segundo ela, o projeto terá como objetivo informar, ouvir e evitar a reincidência específica em tais tipos delituosos. Para isso, serão realizadas palestras mensais nas unidades prisionais, bem como em empresas e locais com grande concentração de pessoas do sexo masculino. "Muitos homens foram criados de forma machista e reproduzem tal comportamento em seu dia a dia com o uso da força e da violência para serem obedecidos. O trabalho será feito de forma educativa e preventiva por uma equipe da Promotoria de Justiça, além de psicólogos e assistentes sociais".

A parceria com o governo do Estado será desenvolvida por meio da Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs), que disponibilizará assistente social, psicóloga, equipamentos de trabalho e produção de material de apoio. As atividades do projeto serão promovidas até o mês de abril de 2013.

O Encontro Estadual para Promoção da Igualdade de Gênero e Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher' terá início às 9h, no salão nobre Cloves Vettorato, no Palácio Paiaguás. Inicialmente, o repentista e cantor cearense Tião Simpatia, fará uma apresentação musical. Em seguida, ocorrerá o lançamento do projeto "Lá em casa quem manda é o respeito". Às 11h, a promotora de Justiça do Pará, Sumaya Saady Morhy Pereira, ministrará a palestra 'Violência doméstica e familiar contra a mulher: uma grave violação dos direitos humanos'.

Os trabalhos serão retomados no período da tarde no auditório das Promotorias de Justiça de Cuiabá, com a palestra 'Na sociedade racista brasileira o normal é ser branco', com o promotor de Justiça e secretário de Justiça do Estado da Bahia, Almiro Sena. Às 15h30, haverá o lançamento de dois livros. O primeiro, com o título 'Sistema de justiça, direitos humanos e violência no âmbito familiar', é de autoria coletiva e coordenado pela promotora Lindinalva Rodrigues Dalla Costa e pela juíza de Direito Amini Haddad Campos. O segundo lançamento será do livro 'A cor da pele', de autoria do promotor da Bahia, Almiro Sena.

Às 17h, o Ministério Público fará a homenagem às pessoas que se destacaram no enfrentamento da violência doméstica no Estado de Mato Grosso. Ao todo, serão homenageadas 22 pessoas.

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO