23.03.2011 | 13h17


CIDADES

Morre, aos 79 anos, a atriz Elizabeth Taylor

R7 12h01

A ABC, rede norte-americana de televisão, anunciou, na manhã desta quarta-feira (23), a morte da atriz inglesa Elizabeth Taylor.

 

A estrela, vencedora de dois Oscars na década de 60, que sofria de problemas no coração, morreu de insuficiência cardíaca no hospital Cedars-Sinai Medical Center, localizado em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Em fevereiro deste ano, Taylor foi hospitalizada devido a problemas no coração e, em 2009, foi operada para corrigir um problema em uma válvula cardíaca.

Carreira e vida pessoal

Liz Taylor foi considerada uma das grandes musas de Hollywood e ficou famosa ao estrelar os longas Assim Caminha a Humanidade (1956), Gata em Teto de Zinco Quente (1958), De Repente, No Último Verão (1959) e Cleópatra (1963).

O talento da diva foi reconhecido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood com dois Oscar. O primeiro foi recebido em 1961 por Disque Butterfield 8. Já a segunda estatueta veio no ano de 1967 pelo filme Quem Tem Medo de Virginia Woolf?.

Além de ser famosa por sua extensa carreira nas telonas, a vida privada de Elizabeth Taylor também é célebre e marcada, inclusive, por oito casamentos, sendo o mais famoso deles com o ator britânico Richard Burton.

O nome de Elizabeth Taylor é lembrado também quando o assunto é o cantor Michael Jackson, de quem foi grande amiga. O Rei do pop dedicou à atriz algumas músicas, como a canção Liberian Girl.

Curiosamente, assim como Michael, Taylor era tomava altas doses de analgésicos e antidepressivos. Segundo as informações da imprensa internacional o uso dos medicamentos começou depois de vários abusos dos diversos maridos que teve.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO