alexametrics
08.05.2011 | 21h04


CIDADES

Manifestação pede construção de hospital com mil leitos em Cuiabá

MAYARA MICHELS 18h40 
DA REDAÇÃO

O Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed) junto com profissionais da área da saúde, o Fórum Permanente de Defesa da Saúde e a sociedade, realizarão um manifesto público em protesto contra os gestores da saúde do Estado, na terça-feira (10), em frente ao Pronto Socorro de Cuiabá. O manifesto é contra as calamidades que estão sendo divulgadas sobre a saúde e a favor da construção de um hospital de mil leitos na Capital, para atender toda a demanda com dignidade.


A diretora do Sindimed, médica anestesista, Elza Queiroz, informou que o manifesto não será ocasional, já que no mesmo dia o Prefeito Chico Galindo (PTB) estará no local para a entrega da área verde do Pronto Socorro. "Não sabíamos disso, a data do manifesto foi decidido em uma audiência no início da semana. Caso encontramos com ele, iremos aproveitar para entregar documentos e convida-lo para ir ao Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) para uma reunião", disse a diretora.

O manifesto terá início às 14h. Um panfleto está sendo divulgado convidando toda a população para participar. Os profissionais da área da saúde convidam toda a população ressaltando que "Gente não é lixo", "os pacientes não podem ser mais atendidos no chão".

Reunião

Ainda no dia 10 de maio, uma reunião está marcada às 19h no auditório do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso, convocando todos os gestores da cidade. "Promotores públicos, vereados, gestores da saúde, deputados, foram convidados para participar da reunião", disse a diretora. Na ocasião, propostas de melhorias da saúde serão entregues e os gestores e os profissionais da área terão a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre a administração.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime