05.08.2011 | 09h29


CIDADES

Maia proíbe férias de servidores até dezembro, mas greve continua

MAYARA MICHELS   8h20
DA REDAÇÃO

Os servidores efetivos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente estão temporariamente proibidos de tirar férias. O decreto feito pelo Secretário Alexander foi publicado na quinta-feira (4) pelo Diário Oficial do Estado.

Segundo o secretário, a paralisação dos servidores ocasionou um aumento significativo dos trabalhos na Sema. A portaria determina que no período de 1 de agosto de 2011 à 30 de novembro de 2011, os servidores ficam proibidos de tirar férias. Isso caso a greve não dure até la.

Em casos excepcionais, o usufruto das férias no período proibido, mediante justificativa, poderá ser autorizado diretamente pelo secretário. Na portaria Maia pede para que os servidores que necessitam das férias e que tenham uma boa justificativa, procurem as superintendências ou diretorias de unidades da Sema, para que seja elaborada uma escala.

Ao todo, 468 servidores da Sema estão parados. Eles  querem a reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) e aumento 30%. Atualmente, o salário inicial é de R$ 2,8 mil. A proposta do Governo é reajuste de 33% divididos em três anos. Os servidores não aceitam.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO