alexametrics
08.08.2011 | 18h03


CIDADES

Lojistas realizam protesto para que VLT seja implantado

FERNANDA LEITE    12h40
DA REDAÇÃO

A Associação dos Empresários e Locatários da Prainha-AELP realizará amanhã (09) uma passeata contra a implantação do Bus Rapid Transit (BRT). De acordo com a representante da Associação, Marilene Perissari Guimarães, o intuito é  estimular o senso crítico da sociedade cuiabana para a escolha de um modal moderno, neste caso, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) .

"Não podemos deixar esta oportunidade passar. Estão querendo colocar ônibus que irão provocar uma desordem na urbanização da cidade", prervê. Marilene lembra que o número de desapropriações, caso BRT seja feito, será mais que o dobro do que o que seria necessário para a implantação VLT.

Os lojistas reclamam também da uma suposta falta de compromisso do Governo do Estado, que até o momento, não apresentou nenhum projeto com relação às desapropriações e outras obras relacionadas para sediar os jogos mundiais de 2014.

O ponto de saída do protesto será na Avenida Prainha (Centro), a partir das 8h. Participam do movimento entidades e sindicatos, entre eles, a Central Única dos Trabalhadores-CUT, Associação dos Clubes da Melhor Idade-ABCMI-MT, e Sindicato dos Mototaxistas e Motoboys.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime