24.05.2011 | 12h38


CIDADES

Jovem “escondia-se” das amigas quando caiu no penhasco

O RepórterMT foi até a casa do rapaz, mas ninguém foi encontrado; Veja os relatos de vizinhos sobre a tragédia.

 

MAYARA MICHELS
DA REDAÇÃO

O jovem Suelme Vitor Evangelista de Moraes, de 26 anos, conhecido como Gugu, caiu do mirante quando "escondia" das amigas em baixo do "trampolim". Segundo uma amiga do rapaz, identificada apenas como Lúbia, que estava no local no momento do acidente, Suelme desceu com três amigas para tirar foto no "trampolim". "Ele pediu que as meninas esperassem que iria descer para urinar,depois não disse mais nada. Em seguida elas chamaram por ele, e não tiveram resposta. Uma delas desceu e viu Suelme urinando e perguntou; Gugu você está se escondendo? Ele olhou para ela e sorriu, sem dizer nada. Apenas virou de lado para subir quando escorregou e caiu", relatou a jovem.

Ainda segundo Lúbia, as meninas chegaram correndo dizendo que ele havia caído. "Todos ficaram desesperados e sem saber o que fazer. Acionamos a polícia e começou as buscas", contou.

Lúbia é amiga e mora ao lado da casa de Suelme, na Rua Tereno, do bairro Cidade Alta. Apesar de conhecê-lo há anos, nos últimos dois anos é que eles começaram uma amizade. Segundo ela, ontem os dois e mais quatro pessoas divididas em dois carros, saíram de Cuiabá com destino a uma chácara em Chapada. A dona da chácara, amiga da vítima não estava no local, e para não perder viagem os amigos resolveram ir ao mirante. Suelme teria bebido umas três latas de cerveja.

Uma vizinha de Suelme, a senhora Juliete Castelo, contou que quando o jovem tinha 3 anos, morou com ela por alguns meses. "A mãe dele trabalhava em Peixoto de Azevedo como enfermeira e durante um tempo não tinha como leva-lo. Morou comigo uns três meses. Eu tenho muito carinho por ele, o tratava igual aos meus filhos", disse.

De acordo com Juliete, depois de largar da mulher, há uns três anos, ele voltou a morar com os pais. Suelme deixou três filhos pequenos. "Ele era um menino muito trabalhador e responsável, sempre foi muito calmo e não bebia, mas de uns tempos pra cá ele começou a ficar ‘baladeiro'", disse.

Investigações

Apesar das primeiras investigações estarem apontando para um acidente,o delegado João Bosco, da Polícia Civil, informou que um inquérito foi aberto e a partir de amanhã os amigos e familiares do jovem prestarão depoimento.
"Mesmo tudo indicando que foi um acidente, vamos investigar, ouvir os familiares e amigos.", disse o delegado.

O resgate

Foi encontrado às 10h desta segunda-feira (23), o corpo do jovem. O corpo de Suelme estava cerca de 100 metros de onde caiu. Bombeiros tiveram dificuldades para encontrar e resgatar o corpo, já que a mata além de alta é fechada.

O corpo foi içado pelo helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas. O jovem escorregou de uma altura de 150 metros, por volta das 16h30 de ontem(22). As buscas foram feitas ontem e retomadas na manhã de hoje.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO