20.10.2019 | 11h33


FOGO EM SORRISO

Incêndio destrói beneficiadora de algodão; bombeiros combatem chamas

As chamas estão sendo combatidas de forma que não atinjam a estrutura do barracão do caroço e demais áreas não afetadas.



O Corpo de Bombeiros combate desde o início da manhã deste domingo (20), um incêndio de grandes proporções em uma beneficiadora de algodão em Sorriso (400 Km de Cuiabá). 

O fogo na beneficiadora começou iniciou na sala de espera, nos fardos de algodão já beneficiados. O primeiro combate foi realizado por oito brigadistas da empresa com os preventivos fixos alimentados por um tanque de reserva com capacidade de 500 mil litros de água. Não houve feridos.

A guarnição dos Bombeiros foi acionada às 07h10 e deslocou com duas Auto Bomba Tanques e 11 bombeiros militares entre os que já estavam de serviço e os que aguardavam para troca de plantão. Às 07h34, foi acionado o plano de chamada da 10º batalhão empenhando mais  quatro bombeiros para o serviço.

A brigada contra incêndio do aeroporto de Sorriso deu apoio com  caminhão de incêndio e seis bombeiros brigadistas de plantão. Estão no local cerca de cinco caminhões pipa entre frota da própria beneficiadora e empresas vizinhas.

As chamas passaram dos fardos que estavam na sala de espera para a área de prensa das fibrílhas do computador da balança, da torre de resfriamento, atingiram três empilhadeiras, o estoque de capa de tecido, de fardinho de algodão, estoque de fita do signode.

A área da indústria (maquinário) foi isolado. O fogo está sendo combatido de forma que não atinja a estrutura do barracão do caroço e demais áreas não afetadas.  Os tratores tipo escavadeiras e pás carregadeiras estão adaptadas com garfos e retiraram todos os fardos de algodão próximos ao local do combate.

Está sendo feito um rigoroso controle da entrada e saída de pessoas no local da algodoeira pelos seguranças da própria beneficiadora de algodão. Ainda não há estimativa do valor do prejuízo.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO