21.02.2020 | 17h30


CIDADES / EM DECOMPOSIÇÃO

Idoso é degolado dentro de casa; vizinhos encontram corpo após 2 dias

Adenilson Martins dos Santos, de 42 anos, confessou ter matado a vítima por causa de uma discussão


DA REDAÇÃO

O idoso Paulino Marques do Nascimento de, 60 anos, foi encontrado, com o pescoço cortado na tarde dessa quinta-feira (20) dentro de casa, na Rua das Samambaias, bairro Olhos D’Águas, em Cáceres (225 km da Capital). A vítima estava desaparecida há dois dias.

De acordo com a ocorrência, os vizinhos foram até à casa de Paulino, por volta das 14h em busca de notícias. As testemunhas relataram que já próximo ao portão da residência sentiram um cheiro ruim, mas até então, não poderiam imaginar do que se tratava.

Entraram no imóvel e encontraram o idoso caído em avançado estado de decomposição.

A Polícia Militar (PM) foi chamada e ao confirmar a ocorrência acionou a equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Os peritos analisaram o corpo de Paulino e identificaram o uso de arma branca, provavelmente uma faca. Os técnicos verificaram ainda toda a cena do crime, colheram informações que apontem as circunstâncias em que o homicídio aconteceu.

Em seguida o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia, que vai apontar a causa clínica da morte.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) acompanhou os trabalhos da perícia, conversou com populares e deu início às investigações.

Na manhã desta sexta-feira (21), os investigadores conseguiram chegar ao nome do assassino e ao endereço da mãe de Adenilson Martins dos Santos, de 42 anos, onde os policiais cercaram a residência e prenderam o acusado que estava escondido embaixo de uma cama box.

Adenilson foi encaminhado à delegacia, onde após consulta de seu nome no banco de dados da Justiça foi verificado que ele tinha dois mandados de prisão em aberto, expedido pela comarca de Rondonópolis, o que foi cumprido na delegacia.

Durante depoimento o assassino confessou o homicídio e disse que invadiu a casa de Paulino e o matou a facadas após descobrir que o idoso havia o denunciado por ameaças. O criminoso contou que no dia anterior havia discutido com o idoso e que soube que a vítima foi à delegacia para entregar ele.

O acusado confessou ainda um segundo homicídio, cometido no dia 08 deste mês, quando matou a machadadas Antônio Bento de Oliveira, 42 anos, após os dois brigarem em um bar, onde bebiam juntos.

Após matar Antônio Bento, Adenilson tentou ocultar o cadáver numa fossa, onde jogou um pedaço de madeira sobre a vítima.

Adenilson seria ainda foragido da Justiça, já que cumpria pena na Penitenciária Major Elder Sá, mais conhecida como “Mata Grande”, em Rondonópolis, quando teria fugido enquanto prestava serviços extra cela.

Além dos homicídios, Adenilson tem diversas outras passagens por crimes de roubo e furto.

O acusado está detido na DHPP do município à disposição da Justiça.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO