22.05.2020 | 14h20


CIDADES / CURADA DA DOENÇA

Idosa que perdeu marido por covid deixa hospital sob aplausos em MT

Maria de Lourdes Russi estava internada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há 36 dias. Ela e o marido, de 92 anos, foram infectados. Ele não resistiu e morreu no dia 26 de abril.



Uma paciente de 84 anos foi homenageada com aplausos ao sair de hospital após se curar da Covid-19, em Cuiabá, nessa quinta-feira (22). Maria de Lourdes Russi estava internada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há 36 dias. Ela e o marido, de 92 anos, foram infectados pelo coronavírus no Rio de Janeiro, antes de chegarem em Cuiabá. Ele também ficou internado na UTI, mas não resistiu e morreu no dia 26 de abril.

O vídeo mostrando a homenagem foi compartilhado nas redes sociais e emocionou muita gente. Denise Russi, filha de Maria de Lourdes, conta que foi buscar os pais, no Rio de Janeiro, no início de abril. Ela e o marido foram de carro,para não expor os pais em um avião. A família foi buscar o casal eles durante o isolamento social, para estar por perto caso acontecesse alguma coisa à saúde dos dois.

No entanto, durante a viagem, Denise conta que os pais começaram a sentir os primeiros sintomas da Covid-19.

"Eles estavam isolados no Rio de Janeiro, não recebiam visitas de forma alguma, as mercadorias eram deixadas na porta de casa e eram higienizadas, então não pensamos, inicialmente, que poderia mesmo ser coronavírus", explica.

Ao chegar em Cuiabá, Maria de Lourdes foi internada na UTI. Alguns dias depois, o marido dela também foi hospitalizado. Os dois foram diagnosticados com a Covid-19.

Denise conta que o pai era muito forte e não tinha outros problemas de saúde.

"Ele tinha 92 anos, mas nunca havia sido internado, não fazia uso de nenhum medicamento contínuo e estava clinicamente melhor do que minha mãe. Mas o quadro piorou, ele foi entubado e não resistiu", explica.

Denise, o marico e o filho também foram contaminados pelo vírus. O marido, José Dantas, chegou a ficar internado. No entanto, os três se curaram e da doença. Já Maria de Lourdes ficou internada por 36 dias e precisou de ventilação mecânica por quase 30 dias. Por ser pré-diabética e ter arritmia, Maria de Lourdes está no grupo de risco.

Surpreendentemente, ela se recuperou muito bem, fez o teste e não tem mais o vírus. Os três foram contaminados, marido ficou internado na UTI, ela e o filho em casa. Os quatro já testaram negativo para a doença. se recuperaram

"Meus pais estavam totalmente isolados e foram contaminados. Infelizmente eu me deparo com pessoas sem máscara ou com máscara abaixo do nariz, sem proteção. Eu chego a aborda-las falando da importância do uso da máscara. É uma forma de respeito ao próximo. Você tem que se cuidar e cuidar do outro. Infelizmente as pessoas não entendem a letalidade do vírus, porque ele é um inimigo invisível. Se eu puder deixar um recado é que as pessoas se cuidem e tenham amor ao próximo."











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO