31.08.2011 | 18h34


CIDADES

Ibama apreende barcos e pescadores em Peixoto de Azevedo

DA ASSESSORIA 15h55

Na Operação Txokrãn, deflagrada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recuros Naturais Renováveis) na terra indígena Kapoto-Jarinã, localizada na cidade de Peixoto de Azevedo (691 km ao Norte de Cuiabá) foram presos 8 pescadores em flagrante com 11 barcos e 11 motores para barcos durante fiscalização ambiental.

Segundo o Ibama, as pessoas presas terão que pagar uma multa de R$ 1 mil e serão denunciados ao Ministério Público Federal por crime ambiental. Uma pousada também foi embargada e terá que pagar uma multa de R$ 450 mil.

As pousadas situadas nas redondezas da reserva indígena vendem pacotes de turismo incluindo a possibilidade de usufruir os benefícios naturais do local, informou o Ibama.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO