alexametrics
29.07.2011 | 10h58


CIDADES

Grevistas do Detran, Sema e Polícia Civil fazem protesto em Cuiabá

DA REDAÇÃO  17h50

Servidores do Detran, Sema e Polícia Civil, em greve, foram às ruas de Cuiabá na tarde desta quinta-feira (28) para exigir melhores salários e condições de trabalho. em um movimento unificado, fizeram uma passeata pelas principais ruas da Capital.

A ideia dos grevistas é chamar atenção da sociedade e mostrar ao Governo do Estado que as greves não têm previsão de término, caso as negociações não evoluam. O governador Silval Barbosa (PMDB)já avisou que não negocia com grevistas e deve pedir a ilegalidade da greve do Detran, como já fez com a Polícia Civil.

Quase mil pessoas invadiram as avenidas Getúlio Vargas, São Sebastião e Isaac Póvoas, em direção ao em direção a Praça Alencastro. Os grevistas gritavam: "Silval, a greve continua. A culpa é sua!". "Detran, na rua, governo a culpa é sua", fazendo lembrar os tempos de chumbo e dos intermináveis atrasos de salários que ocorriam nos anos 80 e 90.

Avenidas como São Sebastião e Isaac Póvoas tiveram o trânsito interrompido, com a ajuda de amarelinhos e da PM. As avenidas ficaram congestionadas, irritando motoristas. Os servidores abordavam pessoas nas ruas e faziam um trabalho de panfletagem.

A Secretaria de Estado de Administração (SAD) não quis comentar o assunto e disse que não negocia com grevistas, além de manter as propostas já apresentadas.

 

Clique nas fotos abaixo para ampliar











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime