27.05.2020 | 14h08


CIDADES / PROGRAMA TOLERÂNCIA ZERO

Governo vai inaugurar Penitenciária de Várzea Grande no dia 30 de junho

Unidade está em fase de finalização e terá capacidade para 1.008 detentos



O Governo de Mato Grosso vai inaugurar, no dia 30 de junho, a penitenciária estadual para jovens adultos que está sendo construída na área rural de Várzea Grande, com capacidade para 1.008 detentos.

O anúncio foi confirmado pelo governador Mauro Mendes nesta quarta-feira (27.05), após realizar vistoria nas obras da unidade, que estão em fase de conclusão.

Também esteve na vistoria o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante; o desembargador Orlando Perri, chefe do Grupo de Monitoramento e Fiscalização Carcerária (GMF); o juiz Geraldo Fidelis e pela equipe responsável pelo Sistema Penitenciário.

“Essa será mais uma entrega dentro do nosso programa Tolerância Zero, que vai criar mais de 4 mil vagas nos presídios nos próximos anos. Essa unidade vai ajudar a desafogar o sistema e manter o Estado no controle das cadeias”, afirmou o governador.

A penitenciária é fruto de um convênio federal com o Ministério da Justiça, sendo 79% do valor provenientes da União e outros R$ 27 milhões de contrapartida do Estado.

A estrutura contempla dois blocos para carceragem, com 1.008 vagas, além de áreas administrativas, de saúde e educação, estrutura completa de abastecimento de água e tratamento de esgoto, e guaritas de segurança.

“O Estado já está cumprindo o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público e Poder Judiciário. Tanto que vai entregar a unidade muito antes do prazo estabelecido", destacou o secretário de Segurança, Alexandre Bustamante.

A SESP fará um remanejamento interno, conforme prevê o TAC, e convocará os servidores cedidos a outros órgãos para atuarem na unidade, que abrigará presos de baixa periculosidade.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO