alexametrics
20.06.2011 | 13h34


CIDADES

Governo vai gastar R$ 2 milhões com novo módulo para depois derrubar

MAYARA MICHELS    12h15
DA REDAÇÃO

A ordem de serviço para a construção do Módulo Operacional provisório no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, deverá ser liberada até amanhã (21), pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Primeiro será feito um "puxadinho" que, em seguida será derrubado para uma reforma geral.

O secretário extraordinário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes do Estado, Francisco Vuolo, afirmou, nesta segunda-feira (20), que o documento que faltava para iniciar as obras foi entregue à Infraero. A empresa vencedora da licitação, Engeglobal Construções Ltda, entregou, há dez dias, a apólice de seguro. "Devido a isto, a Infraero tem até amanhã para liberar as obras, já que os documentos estão todos legalizados", afirmou Vuolo.

O Módulo Operacional provisório no Aeroporto será construído pela Engeglobal Construções Ltda. A previsão é que em 150 dias o novo terminal provisório de desembarque esteja construído.

Em setembro o governo deve lançar o edital para o término da reforma geral do aeroporto que, terá o prazo de 18 meses ser ser concluída. Com isso, o módulo operacional provisório será desmontado após o término da reforma geral, que será realizada até 2013. Segundo o edital, a empresa irá receber R$ 2,2 milhões para a obra do puxadinho.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime