09.06.2011 | 00h56


CIDADES

Governo inaugura residencial com 980 casas nesta quinta, em VG

DA REDAÇÃO  23h57

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado das Cidades (Secid/MT), inaugura nesta quinta-feira (09.06), às 8h30, o Residencial ‘José Carlos Guimarães', em Várzea Grande, com 980 casas construídas. Na ocasião, será realizado o sorteio das primeiras 480 chaves que serão destinadas às famílias de baixa renda, oriundas de áreas de risco geográfico e vulnerabilidade social, cujos cadastros já foram aprovados pela Caixa Econômica Federal (CEF) e pela Secretaria de Estado de Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs). A entrega das 500 unidades habitacionais restante deverá ser feita até o final deste mês após a convocação das demais famílias cadastradas junto a CEF e Setecs.

O residencial, que faz parte do programa habitacional ‘Minha Casa, Minha Vida', está localizado na rodovia Mario Andreazza, no bairro Tarumã. As casas possuem a dimensão de 39 metros quadrados, cada uma delas é composta por sala, cozinha, banheiro e dois quartos. Esse residencial é um dos diversos locais em que o Governo do Estado, em parceria com as prefeituras dos municípios de Várzea Grande e Cuiabá, realizou a construção de moradias populares. Essas construções têm como objetivo reduzir o déficit habitacional das duas cidades, especialmente daquelas famílias que residem em áreas de risco e vulnerabilidade social.

O primeiro residencial foi entregue às famílias residentes no bairro Praeirinho, em Cuiabá. Elas viviam em uma área considerada de preservação ambiental e de risco e foram remanejadas para outra área, próxima ao local onde moravam. A mudança foi realizada em fevereiro deste ano. Com esse trabalho, das 4.624 mil casas construídas no governo anterior, 2.311 serão entregues este ano às famílias que vivem nessas mesmas áreas das duas cidades. (com assessoria).

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO