11.07.2011 | 11h46


CIDADES

Funcionários param obra e cobram salários em dia de construtora

FERNANDA LEITE  10h51
DA REDAÇÃO

Cerca de 100 trabalhadores do ramo da construção civil de Cuiabá e Várzea Grande denunciaram a Prime Incorporações e Construções por causa de um suposto "calote nos salários". Os trabalhadores estão realizando um ato em protesto em frente a uma obra da construtora, na Avenida da FEB. 

De acordo com o presidente o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil de Cuiabá (Sintraicccm), Joaquim Dias Santana, a construtora está contratando terceirizada que não possui requisitos mínimos para amparar os trabalhadores.

"Está havendo uma contratação descontrolada de empreiteiras para realizar estes empreendimentos na Capital, por isso está acontecendo isso. Os trabalhadores decidiram cruzar os braços até que sejam realizados os pagamentos", avisou o sindicato.

A empresa possui quatro empreendimentos em construção, porém o que explica o representante dos trabalhadores é que duas obras não estão cumprindo o combinado. "Duas estão em confusão com os trabalhadores, a do Parque Chapada dos Guimarães em VG e outra no Coxipó", dizem os funcionários.

O presidente do sindicato informou que a empresa Prime garantiu que os salários já foram depositados hoje, porém criticou a direção da empresa. "Os funcionários já estão cansados de receber com atrasos, todos eles têm suas necessidades de sustentar a família e pagar contas", disse Joaquim.

O RepórterMT entrou em contato com a Prime, mas nenhum diretores foi encontrado para falar sobre o assunto.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO