24.05.2011 | 00h33


CIDADES

Estudantes de Cuiabá podem fazer inscrições para Enem a partir de hoje

INARA FONSECA   09h30
DA REDAÇÃO

Começa hoje (23) as inscrições para participar do polêmico Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O cadastro será feito exclusivamente no site do Enem, a partir das 10h no horário de Brasília. Será exigido dos interessados o número do CPF e do documento de identidade. A taxa para inscrição é de R$ 35. Estudantes de escolas públicas e candidatos que comprovem carência socioeconômica não precisam pagar o valor. O pagamento da taxa deverá ser efetuado até o dia 13 de junho.

Além de ser a principal forma de ingresso nas instituições públicas de ensino superior, o exame do Enem também é pré-requisito para a garantia de uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni) e poderá ser utilizado como certificado de conclusão do ensino médio por estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), o antigo supletivo.

Em 2009, o Ministério da Educação (MEC) começou um projeto de substituição dos vestibulares pelo Enem. No mesmo amo, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) adotou o exame como forma de avaliação para ingresso na instituição.

Em 2010, a UFMT ofereceu mais de 5 mil vagas na seleção unificada. No ano passado, foram ofertadas, em todo Brasil, 83 mil vagas em 83 instituições de ensino superior. Dessas, 39 federais.

Os candidatos com necessidades especiais ou que não podem realizar a prova na data determinada por motivos religiosos devem informar esses dados no ato da inscrição. As provas serão realizadas nos dias 22 e 23 de outubro, em todo o Brasil.

Polêmicas

Nos dois anos em que foi aplicado, o exame teve falhas de segurança e de aplicação. Em 2009, a prova foi adiada por vazamento de informações. Em 2010, mais de 33 mil provas foram impressas com erro de ordenação. Além disso, estudantes utilizaram celular para twittar durante o período das avaliações.

O estudante cuiabano Marcelo Araújo, 20 anos, afirma estar preocupado com a precariedade de aplicação da prova. "Este é o segundo ano que faço. Ano passado foi extremamente bagunçado. Fizemos a prova e depois tivemos que refazer por causa dos erros. Isso prejudica os estudantes".

Na tentativa de diminuir os erros, o MEC contratou o Inmetro para ajudar no controle de qualidade. Celulares e aparelhos eletrônicos serão lacrados em sacos plásticos fornecidos pelos fiscais da prova.

Agende-se

Período de inscrição: 23 de maio a 10 de junho.

Onde se inscrever: somente pelo site do Enem: http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao

Taxa de inscrição: R$ 35 até o dia 13 de junho.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO