29.05.2020 | 15h04


CIDADES / RETOMADA GRADATIVA

Emanuel discute abertura de academias com série de regras

o gestor recebeu algumas propostas do setor, como horário reduzido e medidas de biossegurança e se comprometeu a analisar para emitir parecer na próxima semana, mas reforçou que a retomada depende do cenário de casos da Covid19.



O prefeito Emanuel se reuniu nesta sexta-feira (29) com representantes das academias de Cuiabá, para dialogar sobre a construção de plano de retomada gradativa das atividades. O encontro foi feito por videoconferência. Na ocasião, o gestor recebeu algumas propostas do setor, como horário reduzido e medidas de biossegurança e se comprometeu a analisar para emitir parecer na próxima semana, mas reforçou que a retomada depende do cenário de casos da Covid19. 

“Vocês geram emprego, renda, promovem a saúde, a qualidade de vida. Vocês representaram para a receita municipal R$3,5 milhões a menos nesse período de fechamento. Em sã consciência, gestor nenhum fecharia um instrumento tão importante para a nossa economia. Sempre me preocupei em desburocratizar, evitar que a Prefeitura fosse um agente atrapalhador das atividades privadas, de quem gera emprego. Todas as medidas que eu tive que tomar foram com o coração partido, porque eu sei o que significa para vocês. Mas não tinha outra alternativa. A gente olha pro lado e vê Manaus, vê Belém, Fortaleza, São Paulo, vê Recife e ai eu penso que valeu a pena, porque economia a gente recupera, mas a saúde e a vida das pessoas não. E um setor forte como o de vocês eu tenho certeza que juntos podemos suportar e recuperar o tempo e os prejuízos perdidos”, pontuou o prefeito de Cuiabá.

O professor Ricardo Queiroz, representante do setor de academias, afirmou ter realizado uma pesquisa das ações adotadas na Europa e que as ações tomadas pelo prefeito conduzem Cuiabá pelo caminho certo. De acordo com o professor, são mais de 200 academias na baixada cuiabana, empregando cerca de dois mil profissionais.

O presidente do Conselho de Educação Física, Carlos Alberto disse que todos estão dispostos a ajudar na elaboração do plano de retomada gradual. Ele evidenciou que já são mais de 60 dias sem trabalhar e que os profissionais não foram atendidos pelo Governo Federal com auxílio emergencial.

Presente também na reunião, o deputado Federal, Emanuel Pinheiro Neto se colocou à disposição para buscar soluções para a crise econômica do setor via União.

“Reconhecemos a importância de vocês na geração de emprego e no desenvolvimento do município, no crescimento da cadeia produtiva como um todo. O desafio dos gestores hoje é equilibrar essa balança no cuidado com a saúde de com a classe econômica, especialmente as academias, que está sendo deixada por último não por demérito, mas por precisar de uma atenção especial e vejo que vocês tem essa compreensão. Me coloco à disposição como parlamentar federal, me somo a Câmara de vereadores, a Assembleia porque reconheço o valor de vocês, o trabalho e a dificuldade inesperada, saibam que vocês têm um parceiro, estou pronto a qualquer momento para dar todo o suporte necessário para vocês”, finalizou o deputado federal.

Também estavam presentes na reunião o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, o vereador Chico 2000 e o presidente da Câmara Municipal, Misael Galvão.

 Dez medidas apresentadas ao prefeito Emanuel Pinheiro pelo setor de academias e educadores físicos para a retomada gradativa das atividades:

1 -Horário reduzido, de segunda a sexta das 5h às 10h e das 15h às 21h.

2- Suspensão do atendimento a pessoas com mais de 60 anos.

3- Disponibilidade de termômetro digital para aferição de temperatura.

4- Uso obrigatório de máscara e interdição de bebedouros.

5- Limpeza constante dos aparelhos com álcool gel e sabão.

6- Instalação de lâminas com água sanitária para limpeza dos tênis.

7- Controle de fluxo de pessoas.

8- Abertura somente das academias.

9- Abertura somente de academias regulares junto ao CreFi.

10- Todas essas orientações estarão dispostas em mural da cada academia.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO