25.05.2011 | 14h01


CIDADES

Dóia critica sinalização de Cuiabá e vai implantar multa eletrônica

MAYARA MICHELS    11h13
DA REDAÇÃO

O presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Teodoro Moreira Lopes (Dóia) , afirmou na manhã desta quarta-feira (25), que a sinalização na Capital é precária e um novo sistema de multa será implantado pelo Departamento. "Os semáforos não estão sincronizados, isso ocasiona congestionamentos e acidentes. Também não há placas orientativas. É preciso refazer toda a sinalização", afirmou Dóia.

Segundo Dóia, diversas reuniões foram feitas com o Secretário Municipal de Trânsito Urbano de Cuiabá (SMTU), Edivá Alves, mas faltam recursos para serem implantadas e instaladas placas de sinalização, mas Dóia disse que, com a vinda da Copa de 2014, o governador pediu que o Detran faça um projeto de sinalização que será tocado pela Agecopa.

"O projeto está em andamento e assim que for concluído deverá ser entregue para Agência Estadual de Execução dos Projetos da Copa do Mundo do Pantanal (Agecopa). Em uma cidade bem sinalizada e com fiscalização com certeza os números de acidentes com vítimas deverão diminuir. Metade das pessoas que chegam ao box de emergência do Pronto Socorro são vítimas de acidentes", disse

Radares e multas

O presidente disse que o sistema de multa eletrônica que será implantado na cidade está em processo de licitação. "A multa será digital e com foto, além de entrar no sistema via internet na mesma hora que for realizada, vamos inibir pessoas que param em local indevido, são multadas, e depois negam o ocorrido", explicou Dóia.

O radar OCR também será implantando na cidade. O radar é colocado a 400 metros de uma blitz e ao detectar a placa de um veículo, ele acende uma luz vermelha se há irregularidade como roubo e furto, além de uma amarela quando está com a documentação irregular e outra laranja laranja quando há alteração nas características. "Quando chegar na blitz os policiais vão parar apenas os veículos irregulares. Muitos veículos roubados podem ser recuperados", prevê.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO