alexametrics
14.07.2011 | 11h18


CIDADES

Detento “desaparece” de presídio no interior de MT

MAYARA MICHELS   09h40
DA REDAÇÃO

O reeducando Charles José da Silva, condenado por tráfico de drogas, desapareceu no último domingo (11) do Presidio Ferrugem, em Sinop. A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), confirma o desaparecimento, mas ainda não se sabe como Charles saiu do presídio "sem ninguém ver".

O caso está sendo investigado. As suspeitas são de que ele pode ter se aproveitado do horário de visita no domingo, para fugir. A possibilidade dele ter saído pela porta da frente da delegacia, não está descartada.

Na segunda-feira (12), os agentes prisionais realizaram uma varredura dentro do presídio em busca de Charles, mas não há vestígio do preso.

Policiais militares fazem rondas em busca do detento. Nesta quinta-feira (14), completam quatro dias do desaparecimento e, até o momento, não há pista.

O presídio Ferrugem tem capacidade para 360 detentos. No entanto, vive a mesma realidade das demais prisões do estado, com superlotação. Há na unidade, mais de 600 presos, praticamente o dobro do que seria aceitável.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime