alexametrics
05.05.2011 | 19h42


CIDADES

Dengue já matou cinco pessoas este ano em MT

G1  16h12

Cinco pessoas morerram vítimas de dengue em Mato Grosso, conforme balanço divulgado nesta quinta-feira (5) pela Secretaria Estadual de Saúde. De 1 de janeiro a 4 de maio foram notificados 5.730 casos suspeitos da doença, sendo que 28 são considerados graves.

Segundo a secretaria, os municípios que tiveram registro de mortes foram: Cuiabá,General Carneiro, Pedra Preta,Colider e Torixoreu. O balanço aponta ainda que o município de Sinop, a 503 km de Cuiabá, na região Norte, contabilizou o maior número de casos de dengue: 901.

Já Cuiabá está como o segundo da lista com 897 suspeitas da doença. As notificações de casos de dengue em Mato Grosso, no ano de 2010, pelo mesmo período foram de 37.776. De acordo com o superintendente de vigilância em saúde, Oberdan Lira, o estado mantém o alerta no monitoramento sobre o novo sorotipo da dengue, o DEN 4, que tem circulação em algumas regiões do país, mas ainda não registrada Mato Grosso.

Prevenção

A Secretaria de Saúde recomenda medidas de prevenção simples, que devem ser tomadas pela população como manter as caixas d'água, tonéis e barris ou outros recipientes que armazenam água, totalmente tampados e limpos lavando-os com escova e sabão semanalmente. Deve se remover tudo o que possa impedir a água de correr pelas calhas e não deixar que a água da chuva fique acumulada sobre as lajes.

No caso dos vasos de plantas, encher de areia, até a borda, os pratinhos dos vasos. Se não tiver colocado areia ele deve ser lavado com escova, água e sabão, pelo menos uma vez por semana. Deve se jogar no lixo todo objeto que possa acumular água, como potes, latas e garrafas vazias. Colocar o lixo em sacos plásticos, fechar bem esses sacos e deixá-los foram do alcance de animais. Manter as lixeiras bem fechadas.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime