alexametrics
22.06.2011 | 17h15


CIDADES

Delegacia da Criança e Adolescente concluirá inquérito sob sigilo

DA REDAÇÃO 16h15

A Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), da Polícia Judiciária Civil, instaurou inquérito policial para apurar as circunstâncias das mortes dos adolescentes que caíram do telhado do Shopping Pantanal e também dos outros menores que sofreram lesões corporais. O inquérito será presidido pela delegada Alexandra Campos Mensch Fachone.

Conforme a delegada, já foram realizadas perícias no local e agora serão ouvidas testemunhas, vítimas e funcionários dos estabelecimentos. "Dentre outras diligências que naturalmente irão surgir no transcorrer da investigação", disse.

A delegacia informou que as investigações ocorrerão em sigilo para preservar as imagens dos menores. O prazo para o término do inquérito é de 30 dias, podendo ser prorrogado caso haja necessidade de outras diligências imprescindíveis para conclusão do caso.

B.O

Conforme o boletim de ocorrência, registrado pela Polícia Militar, na Central de Ocorrências, cinco rapazes teriam entrado na saída de emergência das salas de cinema, subiram por uma escada, que dá acesso ao telhado da sala de um dos cinemas e, posteriormente, pularam no telhado que cedeu.

Quadro dos adolescentes caíram de uma altura de aproximadamente 12 metros, em um corredor ao lado da sala um, e um conseguiu evitar a queda. A menina, Keisa Siqueira Santos, de 12 anos, foi a óbito e o menino Marcelino Santos, 15 anos, morreu horas depois.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime