alexametrics
11.09.2011 | 12h35


CIDADES

Cursos gratuitos terão quase 1000 vagas em Cuiabá e VG

DA REDAÇÃO   10h00

A partir de segunda-feira (12), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial em Mato Grosso (Senai-MT) abre inscrições para 987 vagas para cursos gratuitos nas áreas de gestão, construção e tecnologia da informação. As vagas são para as cidades de Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana.

Os cursos em gestão serão ofertados somente na unidade do Senai-Cuiabá, localizado na região central da capital. Serão ofertados dentro desta área os cursos de atendimento ao público com informática, camarerira, promotor de hotelaria, almoxarife, auxiliar de crédito e cobrança e qualidade Kaisem. As aulas terão início no dia 20 de setembro e os horários mudarão de acordo com o cronograma da curso.

Os cursos da construção serão ofertados na unidade localizada no Distrito Industrial. Serão ofertados os cursos de pintor de obras, pedreiro, armador de ferragem, carpinteiro de obras, instalador hidráulico, operador de microcomputador e aplicador de revestimento cerâmico.

Ainda na escola Senai de Construção serão disponibilizados cursos de educação a distância como empreendedorismo, educação ambiental, legislação trabalhista, segurança do trabalho, propriedade intelectual, e tecnologia da informação e comunicação. O cronograma irá variar conforme o curso.

Na unidade de Várzea Grande serão ofertadas vagas para cabista, recepcionista com ênfase em hotelaria, auxiliar administrativo financeiro e contábil, e operador de telemarketing. A data de início e horários também será flexível de acordo com a qualificação oferecida.

As inscrições podem ser feitas diretamente nas unidades do Senai em Cuiabá e em Várzea Grande. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (65) 3612-1700 (Senai-Cuiabá), 3611-9500 (Escola Senai da Construção) e 3688-1200 (Senai-Várzea Grande).

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime