23.03.2011 | 10h17


CIDADES

Cuiabá goleia, se classifica e deixa Operario na segundona

JORGE MACIEL 09h14
FUTEBOLPRESS

O Operário, que já havia tomado um chocolate de 6 a 0 do Luverdense, na semana passada, voltou a ser goleado nesta segunda-feira pelo Cuiabá, por 4 x 1, e deu praticamente adeus ao campeonato e à elite do mato-grossense. O Tricolor, com esse resultado e com apenas sete pontos, o Operário caiu para a Segundona. Já o Cuiabá, com a goleada, somou 15 pontos e carimbou a classificação para a próxima fase.

No Dutra

O jogo começou lento, com os dois times receosos, mas pouco a pouco, passados os dez minutos, ambos começaram a tomar a iniciativa. Foi o Operário, entretanto, o mais impetuoso, com três investidas, mas sem finalização. O Cuiabá, vice-líder, parecia querer manter o empate, já que isso lhe daria chances matemáticas de classificação.

Mas o ‘Tricolor' recuou e o Cuiabá cresceu, forçando o jogo para a direita, com a velocidade do ala Marquinhos, que chegava bem ao fundo para os cruzamentos, que, para infelicidade do Dourado, não eram aproveitados pelos atacantes.

Cozinhando

Com o desespero do Operário, o Cuiabá começou a prender e tocar a bola, até que Jean achou Fernando, que avançou, driblou três marcadores e chutou forte, fazendo Cuiabá 1 x 0, aos 41 do primeiro tempo.

45 minutos finais

No segundo tempo, perdido por um perdido por mil, o técnico Carlos Rufino pôs o time à frente: trocou Nenê por Éder Grilo, tirou o lento Ezequiel, dando mais velocidade com Wanderson e substituiu Marquinho por Duduzinho. O time cresceu e aos 12 minutos, o zagueiro Albiéri deu sobrevida ao Operário empatando a partida, ao escorar uma cobrança de falta: 1 a 1.

Mas o empate foi alegria curta. O Cuiabá não sentiu o gol partiu para cima. Em quatro minutos, Fernando fez dois -- um de pênalti --, anotando 3 a 1 e jogando a pá de cal sobre o Operário, que pode fazer companhia ao Crac e Primavera, que já caíram no domingo para a Segundona.

Próximos jogos

Operário volta a jogar no desespero e quase sem chances no próximo sábado, 26, recebendo o Sorriso, no Dutra, e o Cuiabá vai a Lucas do Rio Verde para o jogo com o líder Luverdense, clube que tem 19 pontos e já tem consolidado o primeiro lugar no seu grupo independente do resultado.

FICHA DO JOGO

Operário 1 x 4 Cuiabá
Data: 21/02/2011
Local: Estádio Dutrinha
Árbitro: Alinor Silva da Paixão.

Assistentes: Rilmar Ribeiro Primo e João dos Reis Silvano Marques
Cartões Amarelos: Marquinhos (Ope), Gessé e Natanael (Cuiabá)
Gols: Fernando, aos 41' 1T, aos 24' 2T e 28' 2T e Tozim, aos 43 2T (Cuiabá) e Albiéri, aos 12' 2T (Operário)

Operário
Juninho; Ezequiel (Wanderson), Felipe Albieri, Luiz Paulo e Giovanni; Clóvis, Marquinhos (Duduzinho), Nenê Cuiabano (Éder Grilo) e Castorzinho; Jessé e Evandro. Técnico: Carlos Rufino

Cuiabá
Gessé; Marquinhos (Bruno Marques), Reinaldo, Yuri e Natanael; Bogé, Tozim, Jean e Nenê (Amaral); Fernando e Douglas (Nenê). Técnico: Ary Marques.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO