09.10.2019 | 10h19


RANKING NACIONAL

Cuiabá é 10ª Capital que mais cria vagas de emprego formais

A tabela aponta que, de janeiro a agosto deste ano, foram abertos em Cuiabá 1.617 novos postos de empregos.



Cuiabá está entre as capitais que mais criaram vagas de emprego formais nos primeiros oito meses de 2019. O dado faz parte de um levantamento feito pela consultoria Tendências, divulgado nesta terça-feira (08) pelo Jornal O Globo. Segundo o estudo, o município mato-grossense ocupa a 10ª posição no ranking que abrangeu os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

Conforme a publicação, entre as avaliadas, apenas 14 tiveram saldo positivo em oferta de vagas com carteira assinada. A tabela aponta que, de janeiro a agosto deste ano, foram abertos em Cuiabá 1.617 novos postos de empregos. Dessa forma, a cidade que recém completou seus 300 anos, ficou à frente de polos como Rio de Janeiro, Porto Alegre, Florianópolis e Salvador.

“Cuiabá é uma cidade pujante, que tem um grande potencial de crescimento. Temos a certeza que essa curva ascendente no desenvolvimento é um caminho sem volta. Como parte da administração pública, buscamos fazer nosso dever de casa. Manter uma boa saúde financeira é um exemplo disso. Se os cofres públicos estão bem cuidados, é possível pagar servidores, fornecedores e prestadores de serviços em dia. Isso reflete diretamente na economia do município”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

Para o economista e pesquisador da consultoria IDados, Bruno Ottoni, que foi entrevistado pelo O Globo, a projeção é que, em 2020, o crescimento na economia seja mais consistente do que o apresentado em 2019. “Com a economia do Brasil avançando, a tendência é que os estados também apresentem melhoras em seus indicadores, como o de geração de vagas de empregos formais”, disse o economista ao jornal.

De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, a meta do Executivo é continuar colaborando para que Cuiabá acompanhe esse avanço. Para isso, além da contratação de trabalhadores para as diversas obras de infraestrutura distribuídas pela cidade, o gestor destaca o fortalecimento de alguns programas municipais. Aproximação do trabalhador junto ao mercado de trabalho, por meio do Sine Municipal, e o Qualifica 300, são exemplos de fomento a geração de emprego.

“São alguns exemplos do que temos feito para incentivar o crescimento na geração de emprego. O Sine tem essa atribuição e procuramos fortalecê-la com campanhas periódicas, levando o serviço para mais perto da população. No caso do Qualifica 300, foram mais de 5 mil pessoas atendidas pelo programa que visa levar a qualificação profissional para as comunidades mais carentes”, pontua Pinheiro.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER