29.07.2011 | 11h12


CIDADES

Começam as obras de módulo de desembarque no Marechal Rondon

INARA FONSECA    09h
DA REDAÇÃO

Após muita especulação e suspeitas de que não sairia do papel, as obras de instalação e construção do módulo operacional (MOP) no Aeroporto Internacional Marechal Rondon deram início. O "puxadinho" no aeroporto tem como objetivo substituir provisoriamente a sala de desembarque que não atende a demanda de passageiros do aeroporto. A expectativa é que o "puxadinho" diminua o caos na hora do desembarque.

Com um custo de R$ 2.250 milhões, o MOP vai ser instalado em frente ao setor de desembarque e terá 675 m², duas esteiras, quatro banheiros e capacidade para 700 mil passageiros por ano. Segundo levantamentos da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), somente neste primeiro semestre os desembarques chegaram a 540.43 mil tendo um aumento de 25,95% em relação ao ano passado.

De acordo com o secretário-extraordinário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes de Mato Grosso, Francisco Vuolo, o início da obra é importante para demonstrar que os prazos do aeroporto estão sendo cumpridos, conforme o acordado pelo Governo do Estado, e o que o projeto de ampliação sairá no prazo estipulado. O secretário ainda informou que o projeto preliminar para reforma e ampliação total do Marechal Rondon já foi aprovado pela Infraero.

Apesar da maioria das obras "faraônicas" da Copa das Federações terem sido anunciadas em 2010, até o momento, apenas a Arena Pantanal e o "puxadinho" tiveram início.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO