alexametrics
08.04.2011 | 15h19


CIDADES

Artigo do dia: Uma Cuiabá futurista, com tempero cuiabano

CHICO GALINDO

História. Cultura. Diversidade racial. Hospitalidade. Empreendedorismo. Estas são algumas das características que definem bem a nossa querida Cuiabá e sua gente. São 292 anos de emancipação política marcados por momentos de luta, desafios e conquistas de um povo tenaz, trabalhador, mas que ao mesmo tempo nos dá lições de como viver a vida com alegria e prazer.

Talvez estas virtudes expliquem a liga que prende tanta gente de toda parte do país e do mundo que aqui aporta. As pessoas chegam, conhecem as belezas da quase tricentenária cidade de igrejas e casarões imponentes, provam da culinária irresistível, se embalam na música e na dança contagiantes, sentem a hospitalidade do povo cuiabano e nunca mais deixam a Cidade Verde.

Assim como eu, milhares de migrantes juntaram-se aos cuiabanos e, numa química enigmática, passaram a integrar a paisagem da nossa capital. Cuiabá, porém, continua a mesma cidade alegre, festeira, agradável, com seu delicioso jeito interiorano que ainda leva as pessoas a sentar nas calçadas no embalo das cadeiras de balanço.

Mas, se temos uma rica história a nos servir de referência, novos desafios são colocados para que possamos construir a Cuiabá do futuro, para as gerações que nos sucederão.

O rápido crescimento populacional e econômico, se por um lado mostra a pujança desenvolvimentista do município, por outro gera expectativas e demandas que precisam ser atendidas.

Esta tem sido uma das principais preocupações da nossa gestão à frente da Prefeitura. Atender as necessidades imediatas da população, mas também trabalhar para viabilizar investimentos fundamentais para a consolidação da infraestrutura urbana da cidade. Cuiabá precisa de obras estruturantes em áreas vitais como saneamento, saúde, transporte coletivo, mobilidade urbana, dentre outras.

Por outro lado, temos o grande desafio de sediar a Copa de 2014, um evento de grande magnitude que impõe uma série de exigências e que atrairá para cá milhares de turistas brasileiros e de todo o planeta, que precisam ser bem recebidos.

Trata-se de uma oportunidade única para, num esforço conjunto das diversas esferas governamentais, viabilizar esses investimentos e promover uma grande transformação urbanística e estrutural da cidade. Esses investimentos não servirão apenas para a Copa, na verdade representarão um legado importante para a população cuiabana, melhorando sua qualidade de vida.

Quero enfatizar, porém, a importância de toda a população cuiabana, dessa gente maravilhosa da nossa terra, se engajar de corpo e alma no esforço de preparar nossa cidade para receber esse grandioso evento.

Não bastam apenas as obras físicas, é preciso que cada cidadão também se sinta parceiro dessa empreitada, cobre, participe, fiscalize, opine, enfim, dê sua parcela de contribuição. É fundamental que cada cuiabano sinta-se também responsável pela grande transformação que faremos em nossa cidade e se transforme num anfitrião caloroso apto a receber da melhor forma possível aqueles que nos visitarão durante a Copa.

Por fim, quando Cuiabá comemora seus 292 anos, quero reafirmar meu desejo de que a cidade se desenvolva, se modernize, que o povo cuiabano viva cada vez melhor, mas sem perder sua identidade cultural e a irresistível capacidade de seduzir todos aqueles que a conhecem.

CHICO GALINDO é prefeito de Cuiabá











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime