13.02.2011 | 11h28


CIDADES

430 mil alunos voltam às aulas nesta segunda-feira em MT

MAYARA MICHELS
DA REDAÇÃO

Cerca de 430 mil alunos da rede estadual de ensino voltam às aulas nesta segunda-feira (14), em Mato Grosso. Segundo informações da Secretaria de Estado de Educação, as 720 escolas de todo estado estão preparadas para receber a comunidade escolar.

Na maior parte das unidades foram feitos pequenos reparos durante esse inicio de ano. Porém, o ano começa com apenas 600 escolas reformadas. Também foram efetivados mais 1.500 professores concursados. No total, cerca de 25 mil profissionais trabalham em todas as unidades.

No ano passado, foram investidos R$ 52.650.450,00 em reformas nas unidades. Segundo dados, 600 escolas já estão reformadas. A previsão é continuar as reformas durante o ano de 2011.

Salas climatizadas

O ministro da Educação, Fernando Haddad, garantiu R$ 5,5 milhões para o programa de climatização das escolas estaduais. Com isso, o Governo do Estado também já prevê em seu orçamento a quantia de R$ 10 milhões para a reforma e instalação da rede elétrica nas escolas.

A previsão é que todas as salas da rede estadual estejam climatizadas até o final de 2011.

Mais 22 escolas

De acordo com a secretária estadual de Educação, Rosa Neide Sandes de Almeida, deverão ser construídas, pelo menos, mais 22 unidades escolares, em 2011. Cerca de R$ 60 milhões devem ser comprometidos por meio de parceria entre o Governo do Estado e o Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A previsão é a de que ainda no primeiro semestre o processo licitatório tenha início possibilitando a escolha das empresas responsáveis pelas execuções das obras.

Além disso, cinco unidades deverão ser em Cuiabá e as outras 17 distribuídas no interior. Hoje a capital possuiu 76 unidades escolares, em Várzea Grande são 44 escolas da rede estadual.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO