16.04.2018 | 09h34


ALIMENTAÇÃO

Pigmento do mirtilo, do açaí e da uva pode inibir crescimento de câncer

As sirtuínas regulam a expressão de genes nas células e suas funções sofrem mudanças conforme envelhecemos, o que contribui para o desenvolvimento de várias doenças.



As antocianinas, substâncias naturais que conferem a cor roxa, azul e vermelha a alguns alimentos, podem se tornar uma alternativa para o tratamento de tumores, revela estudo publicado no Scientific Reports.

Pesquisadores descobriram que o pigmento --presente no açaí, no mirtilo, em uvas roxas e na amora, por exemplo -- é capaz de aumentar a atividade de uma enzima chamada sirtuína 6 (SIRT6). As sirtuínas regulam a expressão de genes nas células e suas funções sofrem mudanças conforme envelhecemos, o que contribui para o desenvolvimento de várias doenças.

No estudo, conduzido por um grupo de cientistas da Universidade da Finlândia Oriental e do Instituto Nacional de Envelhecimento dos Estados Unidos, as antocianinas elevaram o nível de SIRT6 em células de câncer colorretal humano humano e reduziram expressão dos genes do tumor, o que pode inibir seu crescimento.

Segundo os pesquisadores, a descoberta pode servir de base para estudo e desenvolvimento de novos medicamentos que regulam a função da SIRT6 e possivelmente vão ajudar no tratamento do câncer.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER